Encontro produtivo do Sindi Cerrado


O criador Juliano Almeida e Silva recebeu um grupo de pecuaristas na Fazenda Morro do Cruzeiro, município de Itaberaí, em Goiás, para mostrar os animais que integram o time de seleção do Sindi Cerrado. Os visitantes interessados em conhecer a raça e saber mais detalhes sobre a produtividade, as características zootécnicas e as diversas aplicações da genética do rebanho vermelho na pecuária seletiva e comercial saciaram a curiosidade com as explicações do anfitrião e do técnico da Alison, da ABCZ.
“Nós estamos pesquisando raças para decidir qual será melhor na nossa realidade e as nossas necessidades. No caso do Sindi, esse foi nosso primeiro contato. Ficamos admirados com as características diferenciadas do gado selecionado. A precocidade foi ponto forte em conjunto com o porte avantajado da carcaça bastante equilibrada, resultando um melhor aproveitamento e adicionando beleza à raça. O trabalho do Dr Juliano é diferente e reflete nos resultados apresentados. A divulgação de informações com simplicidade, clareza, transparência valorizam o profissionalismo dele e com certeza representa uma mudança de postura nesse segmento de mercado. A reunião foi muito produtiva e positiva”, disse o pecuarista da V2A, Aparecido Donizeth, que esteve presente no evento com a esposa Arlete.
O produtor Bruno Calil, de Mossâmedes, proprietário da Fazenda Campo Alegre ressaltou as qualidades do rebanho para cruzamento e o serviço oferecido na recepção com carne de um garrote F1 (Sindi X Brahman). “Eu achei o gado sensacional, fabuloso! Quero cruzar Sindi com Nelore para ter bezerros diferenciados. Pretendo comprar alguns touros para cruzar com a base Nelore. Achei os animais precoces, muito pesados. O ponto alto desse encontro foi o da oportunidade de apreciar um belo churrasco. Que carne maravilhosa! Eu parabenizo Dr. Juliano pela palestra. Pra mim foi tudo novo e especial. Passei a conhecer uma raça diferenciada e que vai se dar bem aqui no Cerrado Goiano”, concluiu.
Outro integrante do grupo era o médico veterinário Gustavo Veloso. O profissional que trabalha no Distrito Federal, na cadeia leiteira, se impressionou com a raça Sindi quando fez curso de Noções de Morfologia na ABCZ há cerca de um ano. “Eu conhecia um criador do DF, o técnico Marcelo Toledo e tive contato com Dr Juliano na ExpoZebu. Deu certo de ir nessa visita, que funcionou com um Dia de Campo. Com meus pais e mais um amigo. Pode ter certeza que ali a raça ganhou mais um novo criador. Quero fundar um plantel na propriedade da família, em Itaguaru, que fica próxima do Sindi Cerrado para ser mais um berço de genética. Isso não vai demorar. Já estou até escolhendo o nome do rebanho”, disse Gustavo.
A ABCSindi parabeniza o empenho do criador Juliano Almeida e Silva, deseja sucesso aos novos usuários da genética Sindi e desde já dá boas vindas aos novos sindistas e futuros associados.


Sindi solidário integra campanha do HA

Por Márcia Benevenuto Causas sociais mobilizam criadores da raça em todo o Brasil. Leilão Direito de Viver, edição Sindi, pe...

Conheça os jurados do PNAT 2020

A 11ª edição do Programa Nacional de Avaliação de Touros Jovens (PNAT) 2020 terá, pela primeira vez, uma comissão julgadora, res...

ABCSindi lamenta morte de Manoelito Dantas Vilar

Mais uma grande perda na pecuária zebuína foi registrada nesta terça-feira (28). Faleceu, aos 83 anos, o pecuarista Manoel Dantas Vi...

Bichuette recebe honraria ExpoGenética 2020

Ronaldo Bichuette, presidente da ABCSindi é um dos homenageados da ExpoGenética 2020. O nome dele foi indicado e eleito na categorias...

Sindi participa da ExpoGenética 2020

O Sindi tem presença garantida na ExpoGenética 2020 com a promoção da raça através de LIVES e debates virtuais, divulgação de a...

Pecuária protege 10 mi de hectares ao ano

Pecuária protege 10 milhões de hectares ao ano Entre 1990 e 2019, aumento da produtividade pecuária evitou que 270 milhões de h...

NOSSOS PARCEIROS