Em sua 3ª edição, o Leilão Pompeu Borba se provou como uma grande oportunidade para o mercado investir em genética de ponta da raça Sindi, selecionada em importantes plantéis brasileiros.
Os 38 lotes comercializados, entre touros, doadoras, novilhas e bezerras, representando a qualidade máxima do rebanho P e dos convidados, foram comercializados para compradores dos estados de Minas Gerais, Piauí, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Ceará e Mato Grosso do Sul e atingiram o faturamento de R$ 576.000,00.
A média de valorização dos lotes considerados elite, ficou em R$ 14.800,00. 
Enlevo P foi o animal mais disputado e o que alcançou o maior preço na batida do martelo. O touro de 2013, filho de Bolero P na fêmea Alcatifa P, é Top 7% no PMGZ com avaliação positiva para habilidade materna, precocidade sexual, desempenho, estrutura, musculatura, além da linhagem leiteira comprovada, foi arrematado por R$ 90.000 e segue para iniciar o novo criatório do investidor paraibano Walmir Cavalcanti.
“Nós tivemos uma evolução de 30% no faturamento. A participação de muitos criadores de todo o Brasil e a presença de dezenas de amigos aqui em João Pessoa para prestigiar o trabalho do rebanho P agem como uma injeção de ânimo. Acreditamos muito na raça Sindi e temos orgulho de ver como ela tem crescido e avançado sobre o território brasileiro para melhorar a nossa pecuária”, diz o promotor Álvaro Borba. 
Sobre o Sindi P:
O rebanho Pompeu Borba é selecionado na fazenda Riacho do Navio que fica no município de Campina Grande, estado da Paraíba. São os criadores Álvaro e Sérgio Borba que comandam o espólio do Sindi P. O plantel fundado por Pompeu Gouveia Borba, em 1981 e estabilizado em 900 animais é um dos mais premiados e reconhecidos de todo o Brasil - tanto pelos animais diferenciados em caracterização, quanto pelo desempenho de vários indivíduos em torneios leiteiros e avaliações genéticas. O criatório tem 12 títulos de melhor criador e melhor expositor no histórico, além de muitos animais com troféus conquistados em concursos leiteiros e touros líderes de sumário. A base do rebanho foi formada com novilhas da criação de Cesário Castilho, genética de animais da Universidade Federal da Paraíba, do Sindi D, do amigo Manelito Dantas, e da Emepa (Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba). O Sindi P participa do PMGZ (Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos) desde 2012.