A 13ª PGP da raça Sindi foi realizada na Fazenda Campo Belo, sede do Sindi Rajasthan, no município de Duas Barras, Rio de janeiro. A prova oficializada na ABCZ é a 991ª PGP Regional e a 1060ª PGP em confinamento.
Os 12 bezerros, desmamados no início do teste, em 07 de maio deste ano, entraram com média de peso 183 quilos, atingiram 219 na pesagem inicial e 309 na avaliação final. O Ganho Médio Diário (GMD) médio do grupo ficou em 713 gramas/dia.
No grupo cinco animais foram considerados “muito bons” e outros cinco “bons”. O campeão da prova foi o Fosfato Rajasthan, um filho do Alpino Rajasthan. O tourinho que entrou com idade de 355 dias pesou 320 quilos no início e 417 quilos na pesagem final. Com 33 cm de circunferência escrotal (CE), ele ficou classificado como elite. Os animais que são filhos de 5 diferentes touros usados no criatório foram mantidos sob dieta de alimentação básica, com silagem de capim, milho e rolão de milho, sendo suplementados com sal mineral da empresa parceira da prova, a Matsuda Nutrição Animal. O técnico Renato Chalub, da ABCZ, foi o profissional que acompanhou a prova e coletou todos os dados. Ele ficou impressionado com o desenvolvimento do lote de garrotes da raça Sindi. “Foi uma prova bem dentro da realidade da pecuária da região, sem excessos de alimentação, por exemplo. Os animais deram uma resposta bastante positiva, tanto em desenvolvimento, como em ganho de peso e também em conformação morfológica. Trabalhar com a raça foi muito estimulante e os tourinhos que ficaram melhor colocados chamam bastante atenção”, diz Chalub.
 
No dia 9 de novembro será realizado pelo Sindi Rajasthan, um shopping com tourinhos, novilhotas, oferta de sêmen e embriões, bem como um encontro para apresentar os resultados da PGP em que participarão técnicos, criadores, pecuaristas da região e profissionais representantes das empresas parceiras, da ABCZ e da ABCSindi. Também confirmaram presença equipes de reportagem de emissoras locais e nacionais especializadas, como Canal Rural.
“Com certeza continuaremos a promover provas com a genética que dispomos e utilizando os touros disponíveis. Estudos estatísticos e dados confiáveis são de extrema importância para comprovação das observações que obtemos a campo. Afirmo com segurança que a raça Sindi é um trunfo para a atividade pecuária e tem muito a contribuir para a evolução do mercado brasileiro de proteína animal e genética”, fala o criador Gilberto Browne.
A raça Sindi já realizou 13 PGPs oficializadas na ABCZ, sendo 2 provas a pasto e 11 em sistema de confinamento. Ao todo foram avaliados 187 animais. Os criadores que já promoveram ou participaram de PGPs com seus animais são Armando Abel Tomasi, Humberto Pignataro Neto, Jose Gilmar De Carvalho Lopes, Jose Teixeira De Souza Junior, Josemar França, Marcos Tulio Medeiros Tine, Orlando Claudio G. Simas Procópio, Ricardo Altevio De Araujo Lemos, Ronaldo Andrade Bichuette, Waldemi Marinho Dos Santos, Adaldio Jose De Castilho Filho, Altair Maria Pedrosa Castilho, Antônio Helio Bezerra De Almeida, Antônio Marcello A. Salgado, Carlos Alberto Ricci, Cicero Antônio De Souza, Claudia Fraga Leonel, Felipe Miguel Roncaratti Curi, Gilberto Browne De Paula, Helena Leonel Curi, Marcos Rodrigues Da Cunha, Nélio Silveira Dias, Espólio Orestes Prata Tibery Junior, Paulo Roberto Salgado, Waldevan Alves De Oliveira e Woden Coutinho Madruga.