A cobiçada genética da Fazenda Camparino foi uma atração no circuito dos leilões da mostra e aqueceu o mercado   
O criatório de José Humberto Villela Martins, detentor de um dos mais tradicionais plantéis de seleção de raças zebuínas do país, protagonizou as comercializações mais valorizadas da ExpoZebu 2019. As vendas recordistas no circuito do Nelore foram registradas com as ofertas de uma matriarca no estreante Leilão Terrabrava, Camparino e Genética aditiva e de um touro de central no tradicional Noite dos Campeões que já chegou a 35ª edição.            
O touro Calibre FIV Camparino teve 50% de seus direitos de posse adquiridos pelo criador Eduardo da Costa, por R$ 810 mil. O reprodutor é DECA 1 no PMGZ (Programa de Melhoramento de Zebuínos) e agora está avaliado em R$ 1. 620 milhão. Já a matriz Toalha FIV JHV, mãe dos touros de central Coronel, Fenômeno e Guardião foi comprada em condomínio por Marcos Martins Villela, da Fazenda Jacamim e Valdemar Pissinati, do Nelore Magda por R$ 633 mil.
“O critério de escolha dos animais do leilão cumpriu uma proposta baseada na filosofia de trabalho dos três criatórios que tem muitas semelhanças. São décadas de histórias sólidas e consistentes na seleção de animais puros, na geração de dados para avaliação, na identificação de animais melhoradores e na fixação dos genes deles nos plantéis pelo uso da ciência para evolução da raça. A Toalha, assim como as outras fêmeas, carrega um pacote tecnológico voltado a produtividade para fazer um diferencial positivo dentro de qualquer rebanho no qual for inserida”, pondera a técnica Roberta Gestal.
Outro rebanho de excelência da Camparino, o Sindi, também fez bonito na mostra do centenário da ABCZ. O reprodutor Campeão FIV Camparino, touro jovem da ExpoZebu 2018 e a premiada Esfinge FIV Camparino estiveram entre os lotes mais concorridos e valorizados do Leilão Essência da Raça Sindi, remate pioneiro do promotor Adaldio José de Castilho Filho.
“O que faz um animal ser recordista, ou ser disputado em um leilão, é a qualidade dele e o potencial como indivíduo melhorador de um rebanho e de uma raça. Eu tenho a absoluta responsabilidade de abrir para o mercado algumas possibilidades de acessar a genética que produzimos e que acreditamos possuir um valor superior e vantajoso para todo tipo de atividade pecuária. Por isso, ofertar animais em um evento do porte da ExpoZebu exige muito critério e desprendimento”, diz o criador José Humberto Villela Martins.
O Nelore e o Sindi de alta qualidade genética com o sufixo JHV será visto novamente em oferta no final do ano. De 26 de outubro a 3 de novembro será realizada a Semana Camparino com grande oferta de animais Nelore, Nelore Mocho e Sindi. O evento será coordenado pela Connect Leilões, com atendimento técnico de Carvalho Assessoria e transmissão do Canal do Boi.